UMA ABORDAGEM SOBRE A IMPLANTAÇÃO DO COMÉRCIO ELETRÔNICO NO VAREJO FARMACÊUTICO

Carla de Brito Frederico, Cynthia Vieira Pereira, Rodrigo Anido Lira

Resumo


Este artigo apresenta o Comércio Eletrônico como ferramenta inovadora e eficaz, capaz de modificar as
relações de negócios, promover crescimento e desenvolvimento para as empresas que atuam no ramo do
varejo farmacêutico, aprimorar os princípios e métodos de informação, voltados para a formação e o
aperfeiçoamento de empresas que desejam atuar no ramo digital, em especial na comercialização eletrônica.
O potencial do comércio eletrônico é, definitivamente alto e, por isso, é imprescindível que as empresas
varejistas explorem este recurso, a fim de tornar mais eficaz a sua atuação no mercado, buscando diferenciais
em relação aos concorrentes. A base do presente estudo foi feita através de pesquisas bibliográficas, tendo
como fontes, livros e sites da internet, onde obtivemos informações necessárias para a elaboração desse
artigo. Foram levantados dados de uma empresa varejista no ramo farmacêutico, a rede de Farmácias DIL,
através de entrevista com um dos proprietários da rede. Realizamos uma pesquisa de mercado, através de
questionário, com 100 clientes de uma das filiais da Farmácia, que correspondem 10% do fluxo diário dos
atendimentos de um dia habitual, com a finalidade de medirmos a aceitação dos clientes da Rede, à
implantação das vendas pela internet. Verificaram-se pontos favoráveis à inserção dessa modalidade na rede
uma vez que a maioria dos clientes se mostraram receptivos com a idéia, já possuem internet em casa, já
fazem compras pela internet e deixaram bem claro a confiança e credibilidade depositadas na empresa..
Além disso, existe interesse dos gestores em oferecer aos seus clientes essa nova opção de compras.
Palavra Chave: Comércio eletrônico, internet, varejo, farmácias.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.