ANÁLISE DA EFICIÊNCIA DA GESTÃO DE PEÇAS SOBRESSALENTES DE UMA EMPRESA DE SANEAMENTO BÁSICO

Elizeu de Farias de Oliveira, Everaldo Cordeiro Romão, Anderson Prado Azevedo

Resumo


Este trabalho fez uma análise da gestão de peças sobressalentes em uma empresa de saneamento básico e
seus impactos no processo produtivo. Foi desenvolvido um estudo de caso, pelo qual foi feito um
mapeamento para identificar os ativos de maior criticidade para os processos da empresa. Após identificação
dos ativos críticos do processo; aqueles que impactam diretamente nos objetivos; foi realizado um
levantamento do histórico de manutenção desses ativos, a fim de verificar a freqüência de intervenções
nesses ativos e peças com maior índice de substituição. Esse mapeamento foi elaborado consultando dados
fornecidos pela empresa. Foi mensurado o tempo médio entre o surgimento da necessidade de peças
sobressalentes e a disponibilidade das mesmas para o departamento de manutenção. Com base nessas
informações foram calculados os custos associados à indisponibilidade de peças sobressalentes.
Palavras-chave: Gestão da manutenção, Eficiência da Manutenção, Peças Sobressalentes, Ativos Críticos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.