A INTER-RELAÇÃO ENTRE MEMÓRIA E APRENDIZAGEM

Fabrizia Miranda de Alvarenga Dias, Renata G. Braga Pessanha, Cecília Cordeiro Burla de Aguiar Nicolaru

Resumo


O objetivo deste trabalho é relatar os conceitos de Memória e Aprendizagem, demonstrando a inter-relação entre os processos e a importância destes na vida acadêmica de um indivíduo com dificuldades de aprendizagem. Pretende-se também apresentar os diversos tipos de memória, bem como as suas etapas, segundo a literatura, e a relevante interferência dos moduladores de memória na ativação do processo. A pesquisa envolveu um estudo de caráter qualitativo, bibliográfico e descritivo. Trata-se de um estudo de caso realizado na Clínica de Psicopedagogia do ISECENSA. O estudo proposto teve como fonte de dados:  Observações diárias, Testes, Intervenções, Artigos e Bibliografias recentes. Os dados analisados sugerem que é de fundamental importância que o sujeito esteja motivado, com níveis de atenção e ansiedade apropriados e que os estímulos sejam coerentes ao seu Modelo de Aprendizagem e estado emocional, para que haja um bom aproveitamento e melhor desempenho escolar deste sujeito, apesar de suas dificuldades.


Palavras-chave


Memória; Aprendizagem; Moduladores de memória

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS

BADDELEY, A.; EYSENCK, M. W., ANDERSON, M. C. Memória, Porto Alegre: Artmed, 2011.

BOSSA, N. A., A psicopedagogia no Brasil: contribuições a partir da prática, 4. ed. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2011.

CIASCA, S.; RODRIGUES, S.; AZONI, C.; LIMA, R. Transtornos de aprendizagem: neurociência e interdisciplinaridade. 1. ed. Ribeirão Preto, SP: BookToy, 2015.

CONSENZA, R. M.; GUERRA, L. B. Neurociência e educação: como o cérebro aprende. Porto Alegre: Artmed, 2011.

EUSTACHE, F. Nos émotions modulent notre mémoire. Revista La Recherche - Hors Serie. n. 22, p. 4-8, France: Sophia Publications, 2017.

GOLBERT; CLARISSA S. A evolução psicolinguística e suas implicações na alfabetização: teoria, avaliação, reflexões. Porto Alegre: Artes Médicas, 1988.

IZQUIERDO, I. Memória. 2. ed. rev. e ampl. Porto Alegre: Artmed, 2011.

LENT, R. Cem bilhões de neurônios? conceitos fundamentais de neurociência. 2. ed. São Paulo: Ed. Atheneu, 2010.

PANTANO, T.; ZORZI, J. L. Neurociência aplicada à aprendizagem. São José dos Campos: Pulso, 2009.

PEREIRA, R. S. Abordagem multidisciplinar da aprendizagem. Portugal: QualConsoante, 2015.

ROTTA, N. T., OHLWEILER, L.; RIESGO, R. S. Transtornos da aprendizagem: abordagem neurobiológica e multidisciplinar. 2. ed. Porto Alegre: Artmed, 2016.

SEABRA, G. A.; DIAS, M. N. Avaliação neuropsicológica cognitiva: linguagem oral. volume 2. ed. São Paulo: Memnon, 2012.




DOI: https://doi.org/10.25242/887682120181345

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Fabrizia Miranda de Alvarenga Dias, Renata G. Braga Pessanha, Cecília Cordeiro Burla de Aguiar Nicolaru

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.