PESQUISA OPERACIONAL: A COMPARAÇÃO DE DOIS MÉTODOS PARA RESOLUÇÃO DE UM PROBLEMA DE PROGRAMAÇÃO LINEAR

Renato Sousa Botacim, Valderedo Sedano Fontana, Bruno Missi Xavier, Marcos de Souza

Resumo


Ante ao crescente desejo pelo lucro, tanto as empresas, como instituições e pessoas, buscam auxílio em técnicas de Pesquisa Operacional para garantir a maximização de seu capital. Visando atender a essa demanda o mercado, lança diariamente ferramentas e métodos eficientes na resolução dos problemas existentes na Pesquisa Operacional. Desta forma, mediante as inúmeras ferramentas patenteadas e não patenteadas (Open Source) existentes no mercado, serão apresentadas na presente pesquisa conceitualmente duas delas, que são disponibilizadas gratuitamente. Posteriormente, foi delimitado um problema/base adaptado para Programação Linear, onde foram utilizadas ambos os métodos para resolução do mesmo, afim de compara as vantagens e desvantagens, a usabilidade e integridade de cada uma. Destarte, diante do exposto será traçada a principal diferença encontrada entre as ferramentas, ainda que ambas tenham alcançado o mesmo resultado, permitindo concluir a boa eficácia dos métodos.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, Eduardo Leopoldino de. (2004) Introdução a Pesquisa Operacional: Métodos e Modelos para Análise de Decisões. 4. ed. Rio de Janeiro: Ltc,. 204 p.

CAIXETA-FILHO, José Vicente (2004) Pesquisa Operacional: Técnicas de Otimização Aplicadas a Sistemas Agroindustriais. 2. ed. São Paulo: Atlas, 169 p.

Dantzig, G. B. (1998). Linear programming and extensions. Princeton university press.

GIL, Antonio Carlos. (2008) Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6. Ed. São Paulo: Atlas, 200p.

HILLIER, Frederick S.; LIEBERMAN, Gerald J.. Introduction to operations research. 7. ed. New York: Mcgraw-hill, 2001. 1214 p. Disponível em: . Acesso em: 23 ago. 2015.

LOESCH, Cláudio; HEIN, Nelson (2009) Pesquisa Operacional: Fundamentos e Modelos. São Paulo: Saraiva, 248 p.

LONGARAY, André Andrade (2013) Introdução a Pesquisa Operacional. São Paulo: Saraiva, 212 p.

PASSOS, Eduardo José Pedreira Franco dos (2008) Programação Linear: Como Instrumento da Pesquisa Operacional. São Paulo: Atlas, 451 p.

PRADO, Darci (2007) Programação Linear. 5. ed. Nova Lima: Indg Tecs, 238 p. (Pesquisa Operacional vol.1).

SILVA, Ermes Medeiros da et al. (2010) Pesquisa Operacional: Para os cursos de Administração e Engenharia. 4. ed. São Paulo: Atlas, 186 p.

Sociedade Brasileira de Pesquisa Operacional. Disponível em: . Acesso em 26 jun. 2015.




DOI: https://doi.org/10.25242/885X9242019815

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Renato Sousa Botacim, Valderedo Sedano Fontana, Bruno Missi Xavier, Marcos de Souza

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.