ESTUDO DA PRÉ-VIABILIDADE TÉCNICO-FINANCEIRA DOS PROCESSOS DE PRODUÇÃO DOS AMINOÁCIDOS TREONINA E TRIPTOFANO

Debora Leite da Rocha Rodrigues, Rosane A. M. Piccoli

Resumo


A treonina e o triptofano são aminoácidos essenciais para o desenvolvimento humano e animal. Em 2012 o Brasil importou 21.000 toneladas de treonina e 3.400 toneladas de triptofano para consumo interno. O BNDES emitiu um relatório e sugeriu a substituição da importação por produção local destes aminoácidos. Uma vez que a treonina e o triptofano são produzidos por via biotecnológica e portanto podem ser sintetizados a partir da sacarose, existe grande possibilidade de realizar essa produção no Brasil. A partir dessa ideia foi realizada a análise do custo de produção da treonina e do triptofano empregando o software Superpro Designer utilizando dados da literatura como parâmetros para  a simulação. Obteve-se através da simulação o custo de produção para a treonina de US$1,67/kg e, para a produção de triptofano de  U$3,75/kg, sendo considerados custos viáveis comparados ao preço FOB de mercado: treonina US$2,10/kg a US$2,80/kg e triptofano de US$6/kg a US$20/kg.


Palavras-chave


Custo de Produção de Treonina. Custo de produção de triptofano. Pré-viabilidade técnico-econômica. Aminoácidos essenciais. Produção de aminoácidos.

Texto completo:

PDF

Referências


BNDES - Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Potencial de diversificação da indústria química brasileira – Relatório 4: Aditivos Alimentícios. Rio de Janeiro: Bain & Company, 2014. 47p.

KASE, H.; TANAKA, H.; NAKAYAMA, K. Studies on l-Threonine Fermentation: Part I. Production of l-Threonine by Auxotrophic Mutants of Various Bacteria. Agricultural and Biological Chemistry, v. 35, n. 13, p. 2089-2096, 1971.

LEE, K. H. et al. Systems metabolic engineering of Escherichia coli for L‐threonine production. Molecular systems biology, v. 3, n. 1, p. 149, 2007.

MDIC – Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Estudo de viabilidade técnica e econômica destinado à implantação do parque produtivo nacional de aditivos da indústria de alimentação de animais de produção. Passo Fundo: Méritos, 2012. 300p.

OLIVEIRA JÚNIOR, G. M. Relações triptofano e treonina digestíveis com lisina digestível em dietas para leitões pós-desmame criados em ambiente com e sem desafio sanitário. Minas Gerais, 2012. 109 f. Tese (Doctor Scientiae) – Universidade Federal de Viçosa.

PETRIDES, D. Bioprocess design and economics. Bioseparations Science and Engineering, 2000.

SHEN, T. et al. Improved production of tryptophan in genetically engineered Escherichia coli with TktA and PpsA overexpression. BioMed Research International, v. 2012, 2012.

WANG, J. et al. Genetic engineering of Escherichia coli to enhance production of L-tryptophan. Applied microbiology and biotechnology, v. 97, n. 17, p. 7587-7596, 2013.

WANG, J.; CHENG, L.; CHEN, N. High-level production of L-threonine by recombinant Escherichia coli with combined feeding strategies. Biotechnology & Biotechnological Equipment, v. 28, n. 3, p. 495-501, 2014.

ZHAO, C. et al. Impact of deletion of the genes encoding acetate kinase on production of L-tryptophan by Escherichia coli. Annals of microbiology, v. 66, n. 1, p. 261-269, 2016.




DOI: https://doi.org/10.25242/885X92420191368

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Debora Leite da Rocha Rodrigues, Rosane A. M. Piccoli

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.