APLICAÇÃO DA GESTÃO DE OPERAÇÕES EM UM CONSULTÓRIO DE FISIOTERAPIA: UM ESTUDO DE CASO

Samanta de Lima Alonso, Fernando Queiroz de Lira Alexandrino, Marcella Lopes da Conceição, Polyana de Lima Alonso Correia, Luiz Alfredo Evelyn Simas

Resumo


Os serviços voltados à saúde são de grande impacto na vida dos indivíduos, visto que são decisivos para a garantia da vida de uma pessoa. Por isso, é relevante que se use técnicas de Gestão de Operações para promover melhorias em seus processos. Esta pesquisa aborda a insatisfação dos pacientes de um consultório de fisioterapia, aplicando o Diagrama de Ishikawa, em uma análise qualitativa, e o software Arena Simulation® Student v11, em uma análise quantitativa, para identificar as causas do problema em questão. De posse dos resultados obtidos com tais ferramentas foi possível avaliar a situação atual da clínica e propor melhorias. Os resultados deste estudo incluem a sugestão de um cenário simulado pelo software que proporciona a redução dos tempos atendimento e de espera, tamanho de fila e ociosidade dos equipamentos, além das sugestões de mudança no layout do local, com novos arranjos e redistribuição do espaço.

Palavras-chave


Gestão de Operações; Melhoria de Processos; Simulação; Layout

Texto completo:

PDF

Referências


ARENALES, M. et al. Pesquisa Operacional. 6a. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

COLLAZO, R. A.; DE OLEIVEIRA, M. J. F.; PESSÔA, L. A. M.; e GARCIA, L. C. Simulação orientada ao cliente: distribuição de medicamentos do Hospital Naval Marcílio Dias. In: XLI SBPO – Simpósio Brasileiro de Pesquisa Operacional, 41, 2009, Porto Seguro, BH. Anais... Porto Seguro: SBPO, 2009.

COURY, H. J. C. G.; VILELA, I. Perfil do Pesquisador Fisioterapeuta Brasileira. Revista Brasileira de Fisioterapia, v. 13, n. 4, p. 356-63, 2009.

FORNARI JUNIOR, C. C. M. Aplicação da Ferramenta da Qualidade (Diagrama de Ishikawa) e do PDCA no Desenvolvimento de Pesquisa para a reutilização dos Resíduos Sólidos de Coco Verde. Inovação, Gestão e Produção, v. 2, n. 9, p. 104-112, 2010.

GONÇALVES, J. E. L. Processo, que processo? Revista de Administração de Empresas, v. 40, n. 4, p. 8-19, 2000.

HAYES, R. H.; PISANO, G. P.; UPTON, D. M.; WHEELWRIGHT, S. C. Operations, Strategy and Technology: Pursuing the Competitive Edge. New York: John Willey & Sons, 2004.

LEE, Q. Projeto de Instalações e do Local de Trabalho. 1a. ed. São Paulo: IMAM, 1998.

MAIA, J. L.; CERRA, A. L.; FILHO, A. G. A. Inter-relações entre Estratégia de Operações e Gestão da Cadeia de Suprimentos: Estudos de Caso no Segmento de Motores para Automóveis. Gestão e Produção, v.12, n.3, p. 377-391, 2005.

MUTHER, R., WHEELER, J. D. Planejamento Sistemático e Simplificado de Layout. 1a. ed. São Paulo: IMAM, 2000.

PINHO, A. F.; LEAL, F.; MONTEVECHI, J. A. B; ALMEIDA, D. A. Combinação entre as técnicas de fluxograma e mapa de processo no mapeamento de um processo produtivo. In: XXVII ENEGEP – Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 27, 2007, Foz do Iguaçu, PR. Anais... Foz do Iguaçu: ENEGEP, 2007.




DOI: https://doi.org/10.25242/885X82120181267

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Samanta de Lima Alonso, Fernando Queiroz de Lira Alexandrino, Marcella Lopes da Conceição, Polyana de Lima Alonso Correia, Luiz Alfredo Evelyn Simas

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.