PACIENTES PORTADORAS DE CÂNCER DE MAMA, SUBMETIDAS À RADIOTERAPIA COM ACELERADOR LINEAR E QUALIDADE DE VIDA

Lívia Almeida Fortunato, Carolina Magalhães dos Santos, Anderson Pontes Morales, Eduardo Viana Ricardo

Resumo


A radioterapia é um tratamento eficaz contra o câncer de mama que tem a finalidade de destruir as células
neoplásicas. Entretanto, pode produzir efeitos adversos causando alterações importantes na qualidade de vida
(QV) das pacientes durante e após o tratamento. Assim, essa pesquisa que tem por objetivo comparar a
qualidade de vida de mulheres com câncer de mama no início e após se submeterem a radioterapia com
acelerador linear. O estudo foi realizado no hospital denominado OncoBeda, na cidade de Campos dos
Goytacazes - RJ. A amostra foi composta por 20 pacientes do gênero feminino, com idade entre 33 a 87
anos. As mesmas responderam nos momentos pré e pós tratamento ao Instrumento WHOQOL-bref,
composto por 26 questões, sendo 2 questões gerais sobre auto avaliação da QV e as outras 24 questões que
envolvem 4 domínios, sendo eles “físico”, “psicológico”, “relações sociais” e “meio ambiente”. Os
resultados obtidos revelam que houve uma diferença ligeiramente significativa no domínio “físico”,
influenciando na avaliação geral da QV dessas pacientes. Sendo assim, conclui-se que mesmo não tendo um
valor elevado de diferença entre os dois momentos avaliados, as pacientes apresentaram alteração na sua QV
durante o tratamento.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.25242/88685192015885

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.