TRATAMENTO DE RESGATE DO CARCINOMA DE CÉLULAS ESCAMOSAS DO CONDUTO AUDITIVO COM RADIOTERAPIA E QUIMIOTERAPIA: RELATO DE CASO

Eduardo Viana Ricardo, Andréia Carvalho, Ronaldo Cavalieri

Resumo


Carcinomas de células escamosas (CCE) representam o tipo histológico mais comum entre os tumores de cabeça e pescoço, no entanto sua ocorrência no conduto auditivo é infrequente. Devido à raridade dessa apresentação, a avaliação diagnóstica e condutas terapêuticas ainda são motivo de controvérsia. O objetivo deste estudo é relatar o caso clínico de um paciente acometido por CCE em conduto auditivo direito. Homem de 56 anos foi admitido no serviço de Radioterapia do ONCOBEDA - Centro Integrado de Oncologia, apresentando volumosa lesão tumoral recidivada em topografia do conduto auditivo externo. O paciente havia sido submetido à ressecção cirúrgica prévia em outra instituição, evidenciando carcinoma de células escamosas, tendo evoluído com progressão de doença no pós-operatório imediato. Foi submetido a tratamento combinado de resgate com radioterapia (RT) e quimioterapia (QT) com excelente resposta clínica e radiológica. O paciente encontra-se em recuperação dos efeitos adversos relacionados à terapia e mantém em seguimento. O artigo evidenciou paciente com carcinoma de células escamosas do conduto auditivo (CCECA) recidivado com acentuada resposta ao tratamento combinado com RT e QT.


Palavras-chave


Carcinomas de Células Escamosas (CCE), Carcinoma de Células Escamosas do Conduto Auditivo (CCECA), tratamento combinado com RT e QT.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25242/886872520171269

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.